cmjp
10 . Abr . 2018

Concessão de título de cidadão a Jair Bolsonaro causa confusão na Câmara Municipal

Em: POLÍTICA
A proposta de conceder título de cidadania ao deputado federal Jair Bolsonaro causou confusão na Câmara Municipal de João Pessoa, durante sessão desta terça-feira (10). Os vereadores Sandra Marrocos e Humberto Lucena repudiaram a concessão da honraria, proposta por Carlão do Consolação.
 
“Esse rapaz não fez nada por João Pessoa. Não tem sequer um projeto para o país, que dirá para João Pessoa. Ele não merece honraria nenhuma dessa cidade”, disse Sandra, na tribuna da Casa. Para ela, Bolsonaro causa prejuízo para a humanidade por pregar o ódio, o racismo, o fascismo e a misoginia”, disparou. O posicionamento dela foi compartilhado por Humberto Pontes, que rechaçou a proposta.
 
Tibério Limeira também integra o grupo que repudiou a possível homenagem, que ainda tramita nas comissões da Casa. Na tribuna da Câmara, Tibério afirmou que irá trabalhar para que a cidadania seja rejeitada. O socialista ainda fez uma relação entre a crença de Carlão, que é católico, e a proposta apresentada por ele. “O senhor que cita tanto o papa Francisco para reforçar suas ideias. O papa Francisco teria vergonha de fiéis como o senhor e Jair Bolsonaro, que pregam o preconceito, a misoginia”, disse.
 
Carlão da Consolação defendeu a proposta, apesar de não citar qualquer projeto de Bolsonaro que tenha beneficiado a capital paraibana. Ele argumenta que o projeto de lei leva em consideração o trabalho desenvolvido pelo parlamentar federal no combate à corrupção, mas também neste caso Carlão não apresentou qual seria o trabalho. Segundo ele, Bolsonaro luta por uma política diferente.
 
Thiago Lucena, por sua vez, lembrou o excesso de honrarias concedidas pela Câmara da capital e o posicionamento favorável de todos os parlamentares. Com informações do MaisPB.
 

Comente

Últimos Comentários

    Nenhum resultado encontrado.