CMJP
09 . Abr . 2018

Confira para onde foram 13 deputados estaduais da Paraíba que trocaram de legenda

Em: POLÍTICA
A Assembleia Legislativa da Paraíba terá sessão ordinária nesta terça-feira (10) não apenas com uma nova composição, mas também com uma nova distribuição partidária. Além do retorno de parlamentares que tentarão a reeleição nas próximas eleições, o fim do prazo para a janela partidária, na última sexta-feira (6), alterou a representatividade das legendas sem modificar, contudo, o equilíbrio das forças entre governo e oposição.
 
Dos 36 deputados estaduais, treze trocaram de partido nos trinta dias do prazo concedido pela Justiça Eleitoral para a mudança. Quem mais lucrou foi o Podemos que recebeu Branco Mendes (ex-Patriota), assim como Edmilson Soares, que fez a mesma troca. A sigla ainda ganhou João Gonçalves, que deixou o PDT dos Feliciano, e dois parlamentares do PROS, Lindolfo Pires e Trocolli Júnior. Em contrapartida, a legenda perdeu Jandhuy Carneiro que foi para o Patriota.
 
O tucano Bruno Cunha Lima recebeu o comando do Solidariedade e João Henrique trocou o DEM pelo PSDB. O MDB de José Maranhão perdeu os deputados Nabor Wanderley, que foi para o PRB, e Ricardo Marcelo, que foi para o PP.
 
Antônio Mineral deixou o PSDB pelo PSB do governador Ricardo Coutinho, mas a sigla socialista perdeu Zé Paulo, que foi para o PT. Inácio Falcão deixou o Avante após a expulsão e decidiu entrar no PCdoB. Antes da janela partidária, João Bosco Carneiro já havia trocado o PSL pelo PPS e Tião Gomes também deixou o partido de Bolsonaro só que pelo Avante.
 
Brasília – Na Câmara Federal também há mudanças na representatividade das siglas partidárias. Só o MDB perdeu três deputados: Veneziano Vital do Rêgo foi para o PSB, Hugo Motta para o PRB e André Amaral para o PROS. O partido, entretanto, recebeu o deputado Benjamin Maranhão, que deixou o Solidariedade.
 
Aguinaldo Ribeiro (PP), Wellington Roberto (PR), Efraim Filho (DEM), Wilson Filho (PTB), Rômulo Gouveia (PSD), Luiz Couto (PT) e Damião Feliciano (PDT) seguem em suas legendas, assim como Pedro Cunha Lima que permaneceu no PSDB mesmo após várias especulações sobre sua saída. O senador Raimundo Lira deixou o MDB pelo PSD.
 
Na Câmara Municipal de João Pessoa apenas os vereadores Eliza Virgínia e Lucas de Brito trocaram de legenda. A ex-tucana migrou para o PP e o liberal foi para o PV, comandado pelo prefeito Luciano Cartaxo. Ambos tentarão uma vaga na Casa Epitácio Pessoa nas próximas eleições.
 

Comente

Últimos Comentários

    Nenhum resultado encontrado.