PMJP
10 . Ago . 2017

Em discurso, Ricardo diz a Cartaxo que João Pessoa está abandonada

Em: POLÍTICA
O governador Ricardo Coutinho (PSB), relembrou as obras realizadas por sua gestão em João Pessoa e mandou um recado para o prefeito Luciano Cartaxo (PSD), ao criticar a invasão de ambulantes pelas calçadas do Centro da Capital paraibana. “Essa cidade precisa de cuidado e de respeito”, declarou Ricardo.
“Foram ações realizadas por mim, para se compreender o quanto essa cidade é bela e precisa de cuidado”, criticou.
 
Ricardo também relembrou obras importantes da sua gestão como prefeito da Capital e agora como governador, e criticou o fato da cidade permanecer com suas calçadas ocupadas por trabalhadores, após as medidas tomadas na sua gestão para manter as calçadas livres e dar dignidade de trabalho aos ambulantes.
 
“Vejo os trabalhadores que hoje ocupam os espaços, mas nós fizemos o shopping do Varadouro, reformamos o 4400 e fizemos o Centro Comercial de Passagem, para poder da emprego, condições de vida, mas também para tornar as calçadas e as ruas democráticas para aqueles que passam pelo nosso centro”.
 
João, primeiro-ministro da Paraíba
 
O governador Ricardo Coutinho chamou o secretário de Recursos Hídricos, do Meio Ambiente e da Ciência e Tecnologia, João Azevêdo, de primeiro ministro do Estado.
 
Ricardo participou no final da tarde desta quarta-feira (9) da inauguração do Centro Administrativo da Assembleia Legislativa do Estado, localizada no Parahyba Palace, no Centro de João Pessoa, e que contou com a presença do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD).
 
Na ocasião, o governador ressaltou que a criação do Centro Administrativo do Poder Legislativo mostra os avanços que a Paraíba tem conquistado, não apenas no Executivo.
 
“É uma demonstração muito clara de que as coisas estão avançando, não apenas no Executivo, mas também no Legislativo. É muito gratificante ver o Poder Legislativo, no meio de uma crise dessas, melhorando os seus serviços, revitalizando o Centro Histórico e diminuindo gastos”, afirmou.
 
Ricardo disse ainda que aquele momento faz com que “seja um dia muito importante para o patrimônio histórico nacional”.
 
Comente

Últimos Comentários

    Nenhum resultado encontrado.