Declarações de dirigente repercutem negativamente com empresário de jogadores

As declarações de Luciano Wanderley dizendo que os jogadores do Botafogo-PB são muito ruins não repercutiram bem no mercado do futebol. Um dos empresários de muitos atletas do Clube, alguns deles integrantes do atual elenco do Belo, Edi Souza, em áudios compartilhados em grupos de WhatsApp teceu críticas aos depoimentos do cartola.

Edi Souza, que foi o principal responsável pela vinda e pela venda (a maior da história do Belo) de Clayton, não poupou críticas a Luciano Wanderley. Ele chamou o candidato a vice-presidência do Botafogo-PB de incompetente, irresponsável e omisso.

“Luciano deveria ter sido mais inteligente. Mas quando a vaidade é maior que a inteligência, aí não tem espaço para raciocínio. Luciano está querendo muito ser protagonista, quando na verdade ele já teve oportunidade e já mostrou tamanha incompetência, não só como dirigente, como presidente, mas agora também como presidente do Conselho ele mostrou que é omisso, que é incompetente e na minha visão irresponsável quanto ao assunto da prestação de contas”, declarou Edi Souza.

Edir Souza diz que Luciano Wanderley na verdade é o principal responsável pela gestão do futebol do Botafogo, neste momento, fazendo as funções de Nelson Lira, que é o atual Vice-Presidente de Futebol do clube e por estar com medo da pandemia vem declinando de suas atividades.

“Luciano Wanderley é presidente do conselho e ao mesmo tempo é diretor de futebol. Aí o que ele faz, bota culpa na oposição e nos jogadores que, segundo ele,  não estão jogando por culpa da oposição. Isso não é verdade, ele coloca culpa na oposição que não consegue contratar e não é verdade, não consegue porque não tem qualificação, competência e conhecimento”, completou.


Deixe um Comentário

Relacionados