Perto do Z-2, dirigente do Belo ofende jogadores e culpa ex-diretores pela má fase. Ouça áudios

Após a derrota para o Treze, na Série C do Brasileirão, no último sábado, e podendo entrar na zona do rebaixamento ainda nesta semana, caso o Galo de Campina vença partida atrasada da primeira rodada contra o Imperatriz (MA), o presidente do Conselho Deliberativo do Botafogo, Luciano Wanderley, que não tem papas na língua, chutou de vez, o pau da barraca na Maravilha do Contorno.

Ao ser questionado por um torcedor pela falta de comando, o cartola respondeu dizendo que vai sugerir uma pessoa para dar murro da mesa e chamar feito à ordem aos jogadores. “A gente está com um vice-presidente de futebol que é Nelson Lira, mas Nelson não tá realmente no dia a dia porque está com medo da pandemia, por conta da idade dele, entre outras coisas. A gente precisa realmente de um cara lá para dar um murro na mesa e chamar feito à ordem aos jogadores. Vou sugerir que de imediato se nomeie uma pessoa para chamar esses jogadores e colocar ordem no negócio. A gente tem que fazer pra ontem, porque não foi feito ontem e já se pagou o preço”, disse (escute o áudio).

Luciano Wanderley, que é candidato a vice-presidente do clube na chapa da diretoria executiva do Belo, insinua em outro áudio enviado em um grupo de torcedores, que foram oferecidos “bichos”, premiações aos atletas em caso de uma sequência de resultados positivos, mas que nem a promessa de valores vultosos em dinheiro fizeram com que eles vencessem as partidas. Ele ainda garantiu aos torcedores que os jogadores do clube “estão com má vontade” e transferiu a culpa para a chapa de oposição. “Nos jogos Remo, Paysandu e Treze, nós chegamos para os caras e dissemos: se vocês fizerem 9 pontos nesses três jogos, nós vamos dar uma gratificação, um ‘bicho’ de 100 mil reais. Os caras foram e empataram com o Remo. Tudo bem, foi lá fora, foi um resultado satisfatório. Nós chegamos e falamos: olha, vamos fazer o seguinte, vamos esquecer o empate com o Remo, se ganhar de Paysandu e de Treze, em vez dos 100, a gente vai dar 90 mil reais para pagar logo após o jogo. Nem dessa forma os caras responderam, meu velho”, acusou.

O dirigente seguiu com insinuações. “Ou tem a parte estranha, de não querer, de ser má vontade, com infiltração de oposição, ou é ruim demais, porque nem dessa forma os caras estão tendo motivação de ganhar o jogo, porque sinceramente nosso 1° tempo ontem foi uma lástima, cheio de má vontade, sem chegada, sem atitude, sem raça. No 2° tempo melhorou uma virgulazinha, 5, 10% de menos ruindade”, atacou os atletas do clube (ouça o áudio).

 


Deixe um Comentário

Relacionados