Veneziano é eleito vice-presidente da Comissão de Ética do Senado

O Senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) foi eleito, na manhã desta quarta-feira (25), vice-presidente do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar do Senado. Ele concorreu com o Senador Marcos do Val e recebeu o voto de dez Senadores, dos 12 que votaram. Como presidente, foi eleito, por aclamação, por ser o mais experiente do colegiado, o Senador Jayme Campos (DEM-MT).

Os Senadores que compõem o Conselho de Ética elogiaram as escolhas, parabenizando Jayme Campos e Veneziano Vital, e desejando sucesso na missão.

“Sabemos que estamos vivendo tempos difíceis no país. Sei da retidão e da experiência de Vossas Excelências. Que a gente possa dar um bom funcionamento e manter a boa harmonia do conselho”, afirmou o Senador Weverton Rocha (PDT-MA), que elogiou as escolhas e destacou as qualidades do presidente e do vice.

“Veneziano é um homem honrado, que tem um conhecimento fantástico. O Senador Weverton foi muito feliz em suas colocações”, destacou o Senador Vanderlan Cardoso (PP-GO), concordando com as qualidades destacadas pelo Senador Weverton.

Após a votação, Veneziano se disse honrado com a nova missão, considerada uma grande responsabilidade na Casa.

Líder do Bloco Parlamentar ‘Senado Independente’, composto por PSB, PDT, Rede e Cidadania, Veneziano integra as principais Comissões do Senado, das quais, cinco como titular: Assuntos Econômicos; Desenvolvimento Regional e Turismo; Constituição, Justiça e Cidadania; Educação, Cultura e Esporte; e Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização. Integrou também a Comissão Especial destinada a acompanhar a PEC 6/2019, da reforma da Previdência, e faz parte da Representação Brasileira no Parlamento do Mercosul.

Além de Veneziano, integram o Conselho de Ética os Senadores Ciro Nogueira (PP-PI), Eduardo Gomes (MDB-PI), Marcelo Castro (MDB-PI), Confúcio Moura (MDB-RO), Weverton (PDT-MA), Major Olimpio (PSL-SP), Jaques Wagner (PT-BA), Telmário Mota (Pros-RR), Jayme Campos (DEM-MT), Chico Rodrigues (DEM-RR), Otto Alencar (PSD-BA), Angelo Coronel (PSD-BA) e Marcos do Val (Podemos-ES).


Deixe um Comentário

Relacionados