Ex-vice do Treze diz ao Blog que o Ênio do áudio não era ele

O ex-vice-presidente do Treze, Ênio Galdino, neto de um dos fundadores do Galo, contactou o Blog para informar que o interlocutor do diretor de patrimônio no áudio, publicado ontem aqui neste espaço, não era ele. No diálogo, é  sugerido enganar o coordenador de Controle e Combate a Violência nos Estádios da Paraíba, o promotor Walberto Lira, para beneficiar a equipe de Campina Grande na partida contra o Botafogo, no próximo final de semana.

O ex-vice-presidente inclusive disse ser contra o Treze jogar no Presidente Vargas.

“Não estou mais no futebol. Apenas vou ao estádio para torcer. Moro em Brasília e inclusive sou contra o Treze mandar jogos no estádio Presidente Vargas”.


Deixe um Comentário

Relacionados